sábado, 29 de junho de 2013

A poluição sonora em Curitiba!

Por Rafael Vitorino de Oliveira

O aumento populacional nos grandes centros urbanos acarreta também o aumento do barulho, seja na região central ou periférica da cidade. A poluição sonora é tanta que impede atividades diárias das pessoas, como trabalhar, conversar e se concentrar no que estão fazendo.

De acordo com o físico especialista em acústica Geraldo Cavalcante, a capital paranaense não é tão barulhenta quanto São Paulo, Rio de Janeiro e Belo horizonte porém, a cidade cresceu muito e junto a esse crescimento houve um aumento nos níveis de ruido.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) indica que nos centros urbanos o nível deve ser de 70 dB,com tolerância até 80 dB. Nas áreas comerciais da capital, a média é de 70 a 78 dB e, na presença de veículos de carga, esse ruido varia entre 80 a 85 dB.

Mesmo no período noturno, onde o ruído diminui durante o nosso sono, ele pode causar alterações em no cotidiano. Por exemplo, níveis sonoros de até 55 dB podem modificar a estrutura do nosso sono, causando prejuízo na realização de tarefas diárias.

Cantrell (1974) mostrou que descargas sonoras de 85 dB sobre 70 dB de fundo, nos períodos diurnos em forma de pulsos durante somente 3% do tempo, e só 50dB de fundo no período noturno, desencadearam, durante os 40 dias do experimento, aumento do colesterol de 25% e do cortisol plasmático de 68%. Os pacientes eram jovens saudáveis de 20 anos, portanto os menos susceptíveis aos efeitos nocivos.

Nossos veículos automotores são os principais responsáveis pelo barulho nos centros urbanos. Algumas medidas já foram tomadas, como inspeção veicular e desvio do trafego pesado dos centros, mas ainda temos motocicletas, academias, obras em geral, bares. Portanto, não trata-se de um problema simples, prejudicial à saúde humana e que muitas vezes passa despercebido no nosso dia a dia.

CURIOSIDADES

Nível de ruído provocado (aproximadamente – em decibéis):


  • Torneira gotejando (20 db)
  • Música baixa (40 db)
  • Conversa tranqüila (40-50 db)
  • Restaurante com movimento (70 db)
  • Secador de cabelo (90 db)
  • Caminhão (100 db)
  • Britadeira (110 db)
  • Buzina de automóvel (110 db)
  • Turbina de avião (130 db)
  • Show musical, próximo as caixas de som (acima de 130 db)
  • Tiro de arma de fogo próximo (140 db).


Saiba mais:

www.bandab.com.br/blogs/banda-b-na-politica/projeto-muda-criterios-de-controle-da-poluicao-sonora-em-curitiba-8165/

www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-poluicao-sonora/decibeis-3.php


REFERÊNCIAS:

www.parana-online.com.br/editoria/pais/news/98543/

www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-poluicao-sonora/poluicao-sonora-10.php

www.bandab.com.br/blogs/banda-b-na-politica/projeto-muda-criterios-de-controle-da-poluicao-sonora-em-curitiba-8165/
Share:

0 comentários:

Postar um comentário