terça-feira, 24 de maio de 2016

Auguste de Saint-Hilaire e sua passagem pela Comarca de Curitiba – Parte I

Figura 1 – Auguste de Saint-Hilaire.
Fonte: Fineartamerica
O naturalista francês Auguste François Cesar Prouvençal de Saint-Hilaire chegou ao Rio de Janeiro em junho de 1816, acompanhando uma missão diplomática que tinha por objetivo resolver o conflito que opunha Portugal e França pela posse da Guiana. Graças as suas relações pessoais obteve permissão para viajar por várias regiões do Brasil. Durante seis anos, percorreu os atuais Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, além do rio da Prata e a Província de Missiones na Argentina e parte leste do Paraguai, retornando à Europa em 1822. As viagens de Saint-Hilaire resultaram na coleta de cerca de 30 mil exemplares de materiais orgânicos e minerais. 

Os escritos de Saint-Hilaire não possuem importância apenas no que se refere às ciências naturais. Neles, encontramos uma rica gama de informações etnográficas e históricas acerca das províncias onde passou. 




Figura 2 – Trajeto percorrido por Saint-Hilaire entre os anos de 1816 e 1822.Fonte: Herbário Virtual Saint-Hilaire
No ano de 1820, Auguste de Saint-Hilaire visitou a Província de São Paulo, que até o ano de 1853 era composta por parte dos territórios dos atuais estados de São Paulo e Paraná. A Província era formada por duas comarcas, a de São Paulo e a de Curitiba. Nos próximos textos, analisaremos as anotações realizadas por Saint-Hilaire acerca de sua passagem pela Comarca de Curitiba e Paranaguá. O viajante definiu os limites territoriais da Comarca da seguinte forma: 

A Comarca de Curitiba é limitada ao norte pelo Rio Itararé, ao sul pelas províncias de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, a leste pelo oceano e também pela Província de Santa Catarina; a oeste os seus limites não parecem estabelecidos com exatidão, estendendo-se desse lado vastas regiões despovoadas (SAINT-HILAIRE, 1978, p.73).

Durante sua passagem pela Comarca de Curitiba, Saint-Hilaire visitou as três regiões onde a ocupação e as atividades econômicas encontravam-se mais desenvolvidas. Os Campos Gerais, Curitiba e a região litorânea foram alvo dos comentários do naturalista francês em sua obra Viagem a Curitiba e Província de Santa Catarina. 


PARA SABER MAIS


Herbário Virtual Saint-Hilaire - http://hvsh.cria.org.br/


Por Luiza Valeria Canales Becerra


REFERÊNCIAS


LIMA, Maria Emília Amarante Torres. As caminhadas de Auguste de Saint-Hilaire: Pelo Brasil e Paraguai. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem a Curitiba e Província de Santa Catarina. Belo Horizonte: Itatiaia, 1978.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário