sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Coleta Seletiva!

Por Anelissa Carinne dos Santos

O ser humano produz uma imensa quantidade de lixo todos os dias. Infelizmente boa parte dessa quantia recebe destinação inadequada. Para diminuir a quantidade de lixo que produzimos, devemos seguir 3 dicas básicas: reduzir o desperdício, reutilizar os materiais (exceto tóxicos, de limpeza, etc.) e separar os materiais recicláveis para a coleta seletiva. Estimativas apontam que cerca de 50% do material que descartamos pode ser recuperado como matéria-prima, para a fabricação de um novo produto.

A RESOLUÇÃO No 275 DE 25 DE ABRIL 2001, do CONAMA, estabelece o código de cores para os diferentes tipos de resíduos, a ser adotado na identificação de coletores e transportadores, bem como nas campanhas informativas para a coleta seletiva:

AZUL: papel/papelão;
VERMELHO: plástico;
VERDE: vidro;
AMARELO: metal;
PRETO: madeira;
LARANJA: resíduos perigosos;
BRANCO: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde;
ROXO: resíduos radioativos;
MARROM: resíduos orgânicos;
CINZA: resíduo geral não reciclável ou misturado, ou contaminado não passível de separação.

O que deve ir para a coleta seletiva:

Papel: Caixa de Papelão,Jornal, Revista, Impressos em geral, Fotocópias, Rascunhos, Envelopes, Papel timbrado, Embalagens longa-vida, Cartões, Papel de fax, Folhas de caderno, Formulários de computador, Aparas de papel, Copos descartáveis, Papel vegetal, Papel toalha e guardanapo.
Plástico: Copos plásticos, vasilhas, embalagens de refrigerante, sacos de leite, frascos de shampoo e de detergentes, embalagens de margarina, tubos de canos de PVC, Embalagens Tetrapak (misturas de papel, plástico e metal).
Vidro: Copos, garrafas, potes, frascos e cacos.
Metal: Latas de alumínio (cerveja e refrigerante), sucatas de reformas, lata de folha de flandres (lata de óleo, salsicha e outros enlatados), tampinhas, arames, pregos e parafusos.  Objetos de cobre, alumínio, bronze, ferro, chumbo ou zinco, canos e tubos

O que não deve ir para a coleta seletiva:

Papel: Etiquetas adesivas, papel carbono e de estêncil, papel sanitário, papel plastificado, fita crepe, papel de fax, papel metalizado, fotografias, papéis sujos de alimentos e guardanapos, tocos de cigarro.
Plástico: Tomadas, cabos de panela, nylon e poliéster.
Vidro: Espelho, lâmina, pirex, lâmpadas, vidros de janelas, box de banheiro, porcelana, cristais, vidros de automóveis, cerâmica e tubos de TV.
Metal: Clips, esponjas de aço e grampos.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário