domingo, 24 de março de 2013

Descoberta de fóssil único de camarão de 100 milhões de anos no Ceará!

Por Ana Paula Otto Nadolny e Valéria Aragão
Revisão: Rafael de Oliveira Vitorino

Um grupo de pesquisadores exibiu um fóssil único em todo o mundo de um camarão de 100 milhões de anos. O paleontólogo responsável pela pesquisa, Álamo Feitosa, conta que a descoberta foi feita em março de 2012, e confirmada como única no mundo em janeiro deste ano por revista que registra espécies, a revista de biodiversidade Zootaxa.

Feitosa afirma que o fóssil foi comparado a trabalhos já publicados em revistas científicas o que resultou na confirmação do ineditismo da espécie, não sendo esta encontrada em outro lugar. O cientista declarou ainda que o fóssil ajudará muito no estudo da evolução do camarão e na melhor compreensão das espécies que até hoje estão vivas.

A região onde o fóssil inédito foi encontrado é o Araripe, Sul do Ceará, região considerada como favorável à descoberta de fósseis, devido à riqueza e a preservação destes.

 O camarão foi  encontrado em uma contração e tinha a forma tridimensional, ou seja, conservou a forma e o aspecto que tinha quando vivia. Este foi o primeiro fóssil da espécie Kellnerius jamacaruenses, em referência ao distrito onde foi encontrado, Jamacaru.

Referências:

Fonte: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2013/01/no-ce-grupo-descobre-fossil-unico-de-camarao-de-100-milhoes-de-anos.html
Share:

0 comentários:

Postar um comentário