sábado, 12 de abril de 2014

METANFETAMINAS – a Droga mostrada na Série BreakingBad

Por: Alan Eduardo Wolinski


Figura 1: Produção da metanfetamina na série. Fonte: www.teledossie.com.br
O seriado BreakingBad da produtora AMC, que terminou no ano de 2013 após 5 temporadas, fez muito sucesso, sendo considerada uma das maiores séries de televisão de todos os tempos, recebendo inclusive o Globo de Ouro de melhor seriado. A série mostra a vida de um professor de Química, Walter White, que após descobrir que tinha câncer no pulmão, resolve produzir e vender Metanfetamina para poder deixar dinheiro à família depois que morresse.

A DROGA
Metanfetaminas são substâncias que apresentam propriedades parecidas com as anfetaminas, as quais estimulam a atividade do Sistema Nervoso Central (SNC). Existem indicações terapêuticas para seu uso, entretanto, por apresentar um grande potencial de dependência, é crescente sua utilização da forma errada, como “droga de abuso”.

Juntamente com o Ecstasy, são as drogas sintéticas mais conhecidas. No Brasil, a Metanfetamina é chamada também de Ice, Cristal, Speed e Meth. Geralmente se apresenta como um pó branco cristalino, sem cheiro e de gosto amargo.

PM: 149,2 g/mol
Fórmula Molecular: C10H15N

Figura 2: Fórmula Estrutural da Metanfetamina. Fonte: Info Escola.
A Anfetamina foi sintetizada pela primeira vez em 1887, na Alemanha e em 1919 a Metanfetamina surge no Japão. Durante a Segunda Guerra Mundial, seu uso se intensificou, pois eram dadas aos soldados a fim de combater o cansaço físico e mental.
O Consumo desta droga ocorre de várias formas, podendo ser aspirada (cheirada), ingerida, fumada ou injetada. No Brasil são mais comumente aspiradas ou ingeridas, pois são facilmente solúveis.


EFEITOS NO ORGANISMO

- Efeitos Imediatos
A absorção da metanfetamina depende da via de administração, refletindo posteriormente nos efeitos obtidos. Quando ela é fumada ou inalada sua absorção é praticamente imediata, mas por via oral necessita de 15 a 20 min para produzir algum efeito. Porém, devido sua eliminação no metabolismo ser demorada, dependendo da dose, seus efeitos chegam a durar 72hs.

Os principais efeitos produzidos pelo uso da metanfetamina são extrema euforia, aumento do estado de alerta, da autoestima, da percepção das sensações,do apetite sexual, intensificação de emoções e movimentos repetitivos. Ela também diminui o cansaço, a fome e a necessidade de dormir.

Sua ação ocorre na fenda sináptica, fazendo com que os níveis de Dopamina, Serotonina e Noradrenalina aumentem, elevando a transmissão entre os neurônios e causando os efeitos já citados.


- Efeitos Crônicos
Os problemas causados pelo uso contínuo desta substância são muitos, entre eles estão o aparecimento de comportamentos psicóticos e violentos, em consequência dos danos que pode causar no SNC. Instabilidade emocional, paranoia, insônia, alucinações, irritabilidade, agitação nervosa e depressão.

Podem aparecer distúrbios nos sistemas cardiovascular, respiratório, renal e gastrointestinal. Entre outros efeitos como dermatoses severas, reações alérgicas e “meth mouth”, caracterizada por dentes frágeis e cavidades negras ao longo da gengiva.

À medida que a pessoa utiliza a metanfetamina, seu organismo acostuma-se com a substância, ficando tolerante à mesma, fazendo menos efeito a cada dia. Isso faz com que o usuário tenha que usar doses cada vez maiores para sentir os mesmos efeitos.

REFERÊNCIAS

AMARAL, Ana Sofia; GUIMARÃES, Maria Inês. Manifestações orais do uso de metanfetaminas. Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial. 2012;Vol.53, 175–180. Disponível em www.elsevier.pt.

http://www.cebrid.epm.br/folhetos/anfetaminas_.htm
http://www.ff.up.pt/toxicologia/monografias/ano0607/metanfetamina/Metanfetamina.htm
http://www.testededrogas.com.br/asdrogas.php?droga=metanfetaminas
Share:

0 comentários:

Postar um comentário