terça-feira, 20 de maio de 2014

O QUE É DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL?

Por: Aline Veiga

Figura 01: Desenvolvimento sustentável. 
Fonte: http://www.scielo.oces.mctes.revistas

Os modos de produção e organização das sociedades modernas geram há muitas décadas, grandes demandas sobre os recursos naturais, pois o processo de crescimento econômico só foi possível a partir da apropriação do espaço ambiental.  Como tentativa de solucionar questões de uso e ocupação do solo que geram desigualdades sociais e grandes impactos ambientais, surge o termo desenvolvimento sustentável.

Este termo foi descrito pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente das Nações Unidas, em 1987, no Relatório Brundtland, também conhecido como Nosso Futuro Comum. O relatório definiu desenvolvimento sustentável como sendo o processo que permite crescimento e desenvolvimento econômico das sociedades atuais, sem gerar ameaças ao desenvolvimento das sociedades futuras, como citado no relatório: “[...] aquele que atende às necessidades do presente, sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem às suas necessidades.” (ONU, 1987).

Figura 1: Definição de desenvolvimento sustentável.Fonte: http://www.scielo.oces.mctes.revistas


Porém, pode-se considerar que o termo desenvolvimento sustentável foi utilizado pela primeira vez em um relatório publicado em 1980, intitulado World ConservationStrategy – Living resourceconservation for sustainabledevelopment, pela IUC (International Union for theConservationofNature). Neste relatório, foram tratadas questões sobre a depredação dos recursos naturais, em decorrência da sustentação dos modos de produção das sociedades urbano-industriais. Em sua publicação, foi muito criticado, por ter sido entendido como um documento que pregava atrasos ao desenvolvimento econômico.

A pesar de o termo passar a ser reconhecido em documentos legais a partir da década de 1980, discussões sobre desenvolvimento sustentável ocorrem desde 1960. Sendo muito intensificadas nos anos de 1990, quando ocorre certa confluência entre as políticas ambientais e a política do neoliberalismo. Ou seja, apresentavam-se leis e normatizações voltadas a proteção ambiental, mas os estados mostravam-se dispostos à aberturas, em busca de crescimento econômico.

É importante lembrar que o conceito de desenvolvimento sustentável não está relacionado somente a questões de equilíbrio em relação aos recursos naturais, mas também se referem ao desenvolvimento social. O desenvolvimento sustentável deve buscar crescimento econômico sem que haja segregação social, ou seja, prevê que os recursos sejam distribuídos de modo igualitário entre a sociedade, sem gerar classes de excluídos.

Ainda hoje, os modos de produção voltados para grande industrialização geram conflitos entre o crescimento econômico e as formas de sustentação desse sistema, que depende de grande consumo de energia e recursos naturais. Podemos considerar alguns dos modos de produção atuais insustentáveis, ao passo da impossibilidade de renovação dos recursos em relação a sua utilização.

REFERÊNCIAS


ONU. Nosso Futuro Comum (1987). Disponível em: <htpp//www.onu.org.br/rio20/documentos/>. Acesso em: Maio, 2014.

LASCHEFSKI, Klemens. Caderno Metrópoles: Sustentabilidade e Justiça Socioambiental nas Metrópoles. São Paulo, v. 15, n. 29, p. 143-169. Jan/jun 2013.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário