domingo, 1 de junho de 2014

POLUIÇÃO EM HIDRELÉTRICAS

Por: Rafael Vitorino De Oliveira

Legenda: Figura 01 - Hidrelétrica de Itaipu.
Fonte: http://www.portalguaira.com

HIDRELÉTRICAS

Bem primeiramente vamos definir de maneira bem simples o que é uma hidroelétrica, para que a partir disso possamos debater melhor o assunto descrito no título. Podemos definir usina hidrelétrica como um conjunto de equipamentos com o propósito de transformar energia hidráulica proveniente de um rio em energia elétrica.

Para que possamos ter uma hidrelétrica precisamos observar algumas condições geológicas do rio como: largura, inclinação, tipo de solo, obstáculos e quedas. Portanto fica evidente o trabalho envolvido na construção de uma usina hidrelétrica. O potencial energético dessa construção vai depender da vazão do rio a ser utilizado, e a vazão depende das condições geológicas citadas acima. A quantidade de chuvas que alimentam o rio a ser escolhido também pode influenciar a “produção” de energia, se levar em consideração um período de um ano por exemplo.

Vamos analisar uma usina hidrelétrica. Ela pode contribuir com os gases do efeito estufa? A priori não, porém um estudo de pesquisadores da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia (Coppe), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mostra que barragens de hidrelétricas produzem quantidades consideráveis de metano, gás carbônico e óxido nitroso, gases que provocam o chamado efeito estufa. Em alguns casos, elas podem emitir mais gases poluentes do que as próprias termelétricas movidas a carvão mineral ou a gás natural.

Segundo o geógrafo Marco Aurélio dos Santos, um dos autores do estudo, três fatores são responsáveis pela produção desses chamados gases quentes numa hidrelétrica:

1 – a decomposição da vegetação pré-existente, ou seja, das árvores atingidas pela inundação de áreas usadas na construção dos reservatórios;
2 – a ação de algas primárias que emitem CO2 nos lagos das usinas; e
3 – o acúmulo nas barragens de nutrientes orgânicos trazidos por rios e pela chuva.

PRODUÇÃO DE GÁS

Segundo o pesquisador, há duas formas de produção de gases quentes numa usina hidrelétrica: por difusão ou por bolhas. O primeiro caso ocorre na superfície do reservatório. Por ser um meio aeróbico, com maior presença de oxigênio, as bactérias decompõem a matéria orgânica e emitem gás carbônico, que se difunde pela água.

Já o metano é obtido por decomposição de matéria orgânica no fundo dos lagos das usinas, onde a presença de oxigênio é nula ou muito pequena. “Como não se dilui na água, esse metano chega à superfície por meio de bolhas”, afirma. Em reservatórios com grande profundidade, acima de 40 metros, o metano não consegue subir à superfície. “A pressão da água impede que a bolha de metano atinja a superfície”, explica.

Santos conta que a relação entre a potência energética e a geometria do reservatório é fundamental para a maior ou menor produção de gases quentes. “Lagos profundos em áreas pequenas, e com grande potência energética, emitem pouco gases deste tipo. Este é o caso de Itaipu”, ressalta. “Agora, lagos rasos, em áreas extensas, e com pouca densidade de potência, como é o caso da hidrelétrica de Balbina, no Amazonas, são grande poluidores.”


PARA SABER MAIS:

Ranking das Poluidoras – Disponível em: http://www.apoena.org.br/artigos-detalhe.php?cod=207
Hidrelétricas como Fábricas de Metano.
Disponível em: http://philip.inpa.gov.br/publ_livres/preprints/2008/fearnside-hidrel%C3%A9trica%20como
%20f%C3%A1brica%20de%20metano-texto-4.pdf


REFERÊNCIAS

Murilo Fiuza de Melo. Hidrelétricas emitem gases do efeito estufa, revela estudo. Acesso em: 2014. Disponível em: http://www.apoena.org.br/artigos-detalhe.php?cod=207

Philip M. Fearnside. Hidrelétricas como “Fabricas de Metano” e o Papel dos Reservatórios  em Áreas de Floresta Tropical na Emissão de Gases do Efeito estufa. Acesso em: 2014.
Disponível em: http://philip.inpa.gov.br/publ_livres/preprints/2008/fearnside-hidrel%C3%A9trica%20como%20f%C3%A1brica%20de%20metano-texto-4.pdf

Philip M. Fearnside. Gases do Efeito Estufa em Hidrelétricas da Amazônia. Acesso em: 2014.
Disponível em: http://www3.ufpa.br/npadc/publicacoes/resumos/Gases%20de%20efeito%20estufa%20em%20hidreletrica%20da%20amazonia.pdf

Share:

0 comentários:

Postar um comentário